Coração das esmeraldas no Brasil recebe evento internacional

Com apoio da G44 Brasil, Feira Internacional de Esmeraldas vai ser realizada em Campos Verdes-GO e abrigará debates, exposições de joias, shows, negócios e turismo mineral

De 06 a 08 de setembro, o município de Campos Verdes-GO, vai receber a sétima edição da Feira Internacional das Esmeraldas. A G44 Brasil S.A. é a principal apoiadora do evento que é um dos mais importantes do segmento de pedras preciosas. O objetivo é reunir especialistas, representantes do setor e investidores para promover a cooperação internacional no desenvolvimento dos recursos minerais da cidade. 

Nos quatro dias de programação estão previstos uma série de debates, exposições de joias, shows, negócios e turismo mineral.  Todo o evento colabora para a criação de uma rede mundial de intercâmbio de informações, tecnologia, economia, saúde e segurança nas operações de mineração e proteção ambiental.

Os visitantes vão poder conhecer as mais belas e valiosas esmeraldas do mundo, ter a oportunidade de adquirir peças legítimas por um preço diferenciado e acompanhar todo o trabalho da confecção das joias até o produto final. Na feira também é possível visitar as áreas de garimpagem de esmeraldas e acessar minas de até 250 metros de profundidade, dotadas de galerias que impressionam por sua estrutura, grandeza e beleza.


A realização da feira é estratégica e tem a proposta de reascender o interesse comercial da jazida de esmeraldas de Campos Verdes. O município, localizado na região central do estado do Goiás, foi o maior produtor mundial de esmeraldas entre 1986 e 2000. Recentemente, ela voltou a receber investimentos de empresas de nível nacional e internacional.

A G44 Brasil S.A é uma forte colaboradora do desenvolvimento mineral da cidade. A empresa chegou na região há pouco mais de um ano e está desenvolvendo um audacioso projeto de mineração, com a construção de uma das maiores plantas industriais de exploração e beneficiamento de esmeraldas do Brasil.

Além da exploração tecnológica do mineral, a mineradora está colaborando com o desenvolvimento social do local com geração de renda e formação dos agentes que colaboram na estruturação projeto. 

Em 12 meses de obras, mais de 300 empregos foram gerados diretamente e a expectativa é gerar mais de 1000 empregos no município. Além disso, o projeto importou mão de obra de outras cidades da região, como Santa Terezinha de Goiás, Crixás e Itapaci.

Foram realizados investimentos na construção de um parque tecnológico de lapidação de pedras preciosas e uma fábrica de joias que serão operados por um time especializado. O objetivo é transformar o município num dos maiores centros de comercialização, beneficiamento de esmeraldas, estudos, cursos de formação, fabricação, venda de esmeraldas e joias do mundo.

O parque industrial abrigará um laboratório equipado com as mais modernas tecnologias de prototipagem, impressão 3D, injeção à cera, cravação e fundição.

Durante a Feira Internacional de Esmeraldas, a G44 vai apresentar seu trabalho em um stand onde os visitantes vão poder conhecer os projetos conduzidos pela empresa no Brasil e entender como o investimento que a empresa faz em tecnologia transforma a cidade, como por exemplo, com a implantação do centro de lapidação de pedras preciosas que hoje emprega mais de 30 pessoas formadas pela empresa, em um curso fornecido gratuitamente. Além disso, vão ser apresentados dados sobre o projeto de mineração e beneficiamento de esmeraldas localizado na cidade, além de palestras com executivos da empresa.

 

 



Deixe uma resposta