Cotação do ouro atinge maior valor em seis anos

O mercado de metais preciosos está cada vez mais em alta. Na última semana, a cotação do ouro disparou e atingiu o maior nível em seis anos.

A cotação do metal registrou na sexta-feira (21) um valor médio de US$ 1,4 mil a onça (28,35 g), mas minutos depois teve recuo. O valor é um recorde desde setembro 2013.
O metal precioso subiu quase 10% até agora este mês, levando a um declínio nos rendimentos dos títulos do tesouro americano e no dólar – aumentando o apelo do ouro.

A alta registrada no mês de junho também foi impulsionada pelo dólar, que foi desvalorizado após o banco Federal Reserve ter sinalizado corte de juros e ter estimulado as compras de ativos, o que aumentou o interesse por aplicações no metal.

Os bancos centrais da Europa e da Austrália contribuíram para a narrativa positiva, sinalizando que também estão dispostos a adotar medidas para estimular o crescimento econômico.

Ouro no Brasil

O Brasil é um dos países com maior potencial mineral do mundo, alcançando a pontuação mais alta (98, em uma escala de 100) entre todos os outros países e regiões do planeta.

Segundo pesquisas, o potencial brasileiro supera o de outras áreas importantes em mineração, como Canadá (incluindo Quebec e Ontário, que tiveram índice 97), Estados Unidos (Alasca, que também teve 97) e Austrália (a região oeste do país teve índice 97 e a norte, 96).

Fonte: Bloomberg



1 comentário

Deixe uma resposta